SELECTA BLOCOS - Sistema Construtivo para Alvenaria

Estrada da Taperinha, s/ nº, Sítio São Luiz, CEP 13.312-830
Caixa Postal 370, Itu, SP, FONE: (11) 2118-2001 | 4024-9600

Atendimento 0800 7070075

Alvenaria Estrutural

Detalhes Construtivos

Argamassa, Graute, Alvenaria e Prisma

A Argamassa

Na Alvenaria estrutural a argamassa tem função de ligação entre os blocos, uniformizando os apoios entre eles. Tradicionalmente a argamassa para assentamento é composta de cimento, cal e areia.
Argamassas mais fortes (só de cimento e areia) não são recomendadas, pois são muito rígidas e têm baixa capacidade de absorver deformações. Em contrapartida, argamassas muito fracas (só de cal e areia, por exemplo) tem resistência à compressão e aderência muito baixas, prejudicando a resistência da parede.
A resistência à compressão da argamassa deve ser próxima a 70% da resistência do bloco utilizado.

O Graute

0 Graute é um concreto com agregado fino e alta plasticidade. É utilizado para preencher vazios dos blocos em pontos onde se quer aumentar a resistência localizada da alvenaria e também preenchimento das canaletas.
O Graute é composto de cimento, areia e pedrisco, possui alta fluidez com slump entre 20 e 28cm, e por isso alta relação entre água/cimento, podendo chegar até 0.9. Para garantir a fluidez e plasticidade do graute e também diminuir sua retração, é aconselhável a utilização de cal até o volume máximo de 10% do volume de cimento.
O ideal é que a resistência da parede grauteada seja prevista a partir de resultados de ensaios de prismas. Sugere-se adotar eficiência de 60% e traço com resistência igual ao do bloco na área liquida.

A Alvenaria

A Alvenaria pode ser definida como um componente complexo constituído por blocos unidos entre si por juntas de argamassa, formando um conjunto rígido e coeso. Além das funções da alvenaria de vedação, como conforto térmico e acústico, estanqueidade, resistência ao fogo, durabilidade a alvenaria estrutural tem a função de absorver e transmitir ao solo ou a estrutura de transição, todos os esforços a que o edifício possa vir a ser submetido.

O Prisma

O Prisma é o corpo de prova da alvenaria. Obtido pela superposição de blocos, unidos por juntas de argamassa grauteados ou não. Assim como o corpo de prova cilíndrico é utilizado para controle de obras de concreto, o prisma de dois blocos é utilizado para controle de obras em Alvenaria Estrutural.